fbpx

VELHO DEMAIS para APRENDER?

By josue | Carreira

Olá! Seja bem-vindo!

Será que você está velho demais para aprender algo?

Será que você deve fazer um determinado investimento?

Será que você deve trocar de carreira profissional?

 

Enfim, como avaliar uma oportunidade é o assunto de nossa aula ao vivo de hoje, onde compartilharei estratégias incríveis para respondermos juntos a essas dúvidas que recebi do pai de um de meus alunos, e que provavelmente já foram ou serão dúvidas de todos nós em algum momento de nossas vidas.

 

Estou empolgado em apresentar a você essas estratégias que já me ajudaram muito para analisar opções profissionais, empresariais e de investimentos. Vamos lá:

 

Dúvidas de um pai

Em 8 de junho passado, recebi o e-mail do pai de um de meus alunos. Você pode ler o e-mail na integra assistindo ao vídeo, mas em resumo trata-se de um profissional de logística vivendo um dilema: Trocar ou não de profissão.

 

Segundo o Ricardo, sua profissão em logística está em decadência, e ele ficou bastante surpreso com a velocidade que seu filho conseguiu encontrar um trabalho após fazer um de meus cursos online.

 

Essa surpresa positiva motivou o Ricardo a voltar aos estudos e eventualmente transacionar sua carreira para banco de dados, porém, o Ricardo teme que essa transição seja difícil para ele devido a idade, responsabilidades familiares, e vivencia exclusiva em logística.

 

Uma das preocupações que ele manifestou depois do e-mail que mostrarei no vídeo foi que em seu entendimento são apenas pessoas jovens que trabalham com tecnologia, e que isso poderia ser uma grande barreira a ser vencida no momento de uma entrevista.

 

O Ricardo pediu minha opinião sobre o assunto. Respondi a ele através dessa aula. Embora a resposta tenha foco no caso do Ricardo, a estratégia que apresento é aplicável a muitas outras situações como você verá no vídeo.

Como avaliar uma oportunidade

Para responder as dúvidas do Ricardo, lancei mão de uma estratégia que aprendi com um amigo meu que trabalha com grandes investimentos financeiros. Trata-se de um processo onde temos 2 grandes etapas:

= Avaliação do mérito: “Esse negócio, oportunidade ou investimento tem potencial para meu caso?”

= Definição da estratégia: “Se eu decidir entrar nesse negócio, como posso entrar de forma intensa, rápida e efetiva?”

Por tanto acho que vale o lembrete para mim e para você, se nos dedicarmos e formos a fundo, é natural que ganhemos bem e devemos nos sentir bem com isso!

Avaliação do mérito

A avaliação do mérito passa por 4 etapas:

 

= Capacidade da indústria: Será que a indústria/mercado/investimento tem grande potencial de retorno? No vale do silício um ótimo retorno é 10 vezes o valor investido em 10 anos. No caso do Ricardo, recomendaria que ele consultasse sites de emprego e também o meu vídeo “Vale a pena aprender SQL” para identificar se o possível retorno do investimento de “entrar para tecnologia” é compatível com suas expectativas.

 

= Capacidade financeira: Será que o investimento financeiro necessário para entrar no negócio/mercado/investimento é compatível com minha disponibilidade de capital? Entendo que essa pergunta não seja tão relevante para o Ricardo, pois o investimento total de acordo com nossa breve analise ficou em torno de 1100 reais para treinamento, prova e entrevistas.

 

= Disponibilidade de tempo: Será que consigo dedicar o tempo necessário para ter sucesso com esse negócio/mercado/investimento? A regra geral do meu amigo é de no mínimo 1h por dia de dedicação integral. No caso do Ricardo, sugeriria o mesmo, no mínimo 1h por dia de dedicação a essa nova empreitada, se ele decidir entrar.

 

= Diferencial competitivo: Quais são os meus diferenciais competitivos? O diferencial competitivo ajuda a posicionar uma empresa dentro de um nicho, no caso do Ricardo, sua experiência em logística somada as novas habilidades que ele conquistará em breve podem ser exatamente o que o destaque como candidato.

 

Ao final dessa analise propôs uma reflexão: VOCÊ ESTÁ REALMENTE MOTIVADO para fazer isso (no caso do Ricardo uma transição de carreira)? Minha opinião é que se a área de banco de dados acendeu em você uma nova chama de energia você tem o melhor motivo de todos para começar HOJE!

 

Definição da estratégia

Se após a análise do mérito você entender que a oportunidade é uma boa oportunidade para você e para o seu caso, vamos a segunda fase, que é definir a melhor estratégia para você entrar.

 

Essa segunda fase depende bastante do tipo de investimento, focando no caso do Ricardo elenquei alguns fatores chave que julgo importantes para ele ter sucesso:

 

= Intensidade e rapidez:  Quando você decide entrar em algo, deve “entrar pesado”. Não quer dizer que precise largar o emprego atual, mas quer dizer que deve colocar uma boa energia no novo investimento e montar um plano de transição que comece o mais rápido possível. No caso do Ricardo, entendo que tenhamos 3 frentes de trabalho:

1) Estudar intensamente: Curso, canal do youtube, prova de certificação. O filho dele não fez a prova, mas ainda assim acho importante como diferencial para alguém que tem pressa em se colocar no mercado.

2) Networking: 80% das vagas no Brasil são preenchidas por indicação. Criar uma rede de contatos é fundamental para que o Ricardo se exponha a esse contingente de vagas.

3) Procurar vagas diretamente: Fazer seu currículo HOJE, cadastrar-se em sites de vaga e começar a busca.

 

= Efetividade e assertividade: Comoo Ricardo possui um caso de sucesso dentro de casa, minha sugestão seria modelar os passos que deu seu filho, e para garantir o sucesso, adicionar a prova de certificação e uma boa preparação para as entrevistas.

Como ter sucesso em uma entrevista de emprego

Dicas para um bom currículo

O primeiro passo para conseguir uma entrevista em geral é construir um bom currículo. Minhas dicas para isso são breves, porém segundo o feedback das pessoas que treino, bastante efetivas:

1) Cargo em letras garrafais: Inclua no cabeçalho do seu currículo o cargo que você exercerá na empresa. Como expus no vídeo, em um mundo onde o tempo de concentração das pessoas é cada dia menor, ser claro e direto ao ponto é crucial!

 

2) Porque devem te contratar: Logo abaixo do cargo, inclua uma frase “vendendo o seu peixe”. Seja claro, objetivo e principalmente tangível. Por exemplo: Possuo X anos de experiência com Y e gosto muito de trabalhar com Z. Em meu último projeto fui inclusive premiado com W e estou bastante motivado para contribuir com a área K.

 

Dicas para uma boa entrevista

Você foi chamado, e agora?

1) Prepare-se para as perguntas padrão: Existem perguntas e testes que quase todos os entrevistadores fazem. Pesquise na internet e converse com as pessoas para que você tome conhecimento de quais são e esteja preparado para responde-las.

2) Tome as rédeas: A maioria dos entrevistadores não possui um processo padrão para entrevistas, então em geral essas se tornam um bate papo para “ver se me dou bem com essa pessoa”. Com isso, a melhor maneira de você se sair bem, é conduzindo a conversa através de perguntas sobre a empresa, a vaga, os objetivos da pessoa que está te contratando, etc. No vídeo dou mais detalhes.

3) Responda a principal pergunta: Uma pergunta popular em entrevistas é “porque eu deveria contratar você”. Responda essa pergunta antes dela ser perguntada, demonstrando que você tem as 3 características mais importantes em um colaborador de acordo com o Waren Buffet: Energia, inteligência e integridade. Veja no vídeo como fazer isso.

 

CONCLUSÃO

E então, será que você está velho demais para aprender? Se considerarmos que Ray Crock começou a franquia MC’Donnalds aos 52, que Coronel Sanders começou o KFC aos 62 e que Dinald Fisher começou a GAP aos 40, a resposta provavelmente seja não.

 

Ainda assim, nesse vídeo vimos como você pode analisar sistematicamente essa pergunta e inclusive outras como: Devo trocar de emprego? Devo fazer esse investimento? Etc…

 

Em se tratando de trabalho, vimos dicas sobre como ter sucesso em uma entrevista de emprego, algo que estou certo ser bastante valioso para você.

 

Espero que também tenha gostado desse conteúdo.

 

Abraço do seu amigo Josué 🙂

Follow

About the Author

Oi, aqui é o Josué. Sou o criador do site dba-pro.com. Minha missão é ajudar pessoas a usarem o potencial do SQL Server em suas profissões, para que trabalhem felizes e bem remuneradas. Sou consultor e empreendedor, atuando em empresas desde 2000 e dando aulas desde 2004. Adoro SQL, Excel, automatização de processos, finanças e Coaching. Quando não estou trabalhando ou estudando, gosto de leitura, games para PC, filmes, séries e conversas estimulantes.